Translate

Número total de visualizações de página

sábado, 25 de março de 2017

OUÇA JÁ A ANGOLA UNIDA (RAU): A 27ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola “ em 24-3-2017

Rádio Angola Unida (RAU): Eis os temas abordados na 27ª Edição do programa "Atualidade Informativa de Angola", em 24/03/2017, apresentado por Serafim de Oliveira e análises e comentários de Carlos Lopes:

-João Lourenço chama a oposição de malandros.

- A Biocom paga indemnizações aos brasileiros «escravos» que trabalharam em Angola e o Executivo Angolano nada diz.

- Bolseiros angolanos no estrangeiro não recebem a meses e o MPLA não os quer a votar nas eleições gerais.

- Novo Regimento da Assembleia Nacional corta direitos aos Deputados e Grupos Parlamentares, impedindo a fiscalização do Executivo Angolano.

RAU – Rádio Angola Unida - Uma rádio ao serviço dos angolanos, que não têm voz em defesa dos Direitos Humanos e Combate a Corrupção, em prol de um Estado Democrático e de Direito, apostando no Desenvolvimento sustentável e na dignidade do povo soberano de Angola.

Os programas da Rádio Angola Unida (RAU) são apresentados e produzidos em Washington D.C.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas para Prof.kiluangenyc@yahoo.com.



sexta-feira, 17 de março de 2017

JÁ PODE OUVIR A ANGOLA UNIDA (RAU): A 26ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola “ em 17-3-2017.‏

Rádio Angola Unida (RAU): Eis os temas abordados na 26ª Edição do programa "Atualidade Informativa de Angola", em 17/03/2017, apresentado por Serafim de Oliveira e análises e comentários de Carlos Lopes:

- O Russos querem construir uma refinaria no Namibe e uma ligação ferroviária entre as linhas de Benguela e de Moçâmedes.

- Réus do atentado contra Eduardo dos Santos condenados entre quatro e dez anos de prisão.

- Canal de TV de Isabel dos Santos impede os angolanos de verem as notícias da SIC.

- Eduardo dos Santos e Kabila falham novamente a paz no Congo.

RAU – Rádio Angola Unida - Uma rádio ao serviço dos angolanos, que não têm voz em defesa dos Direitos Humanos e Combate a Corrupção, em prol de um Estado Democrático e de Direito, apostando no Desenvolvimento sustentável e na dignidade do povo soberano de Angola.

Os programas da Rádio Angola Unida (RAU) são apresentados e produzidos em Washington D.C.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas para Prof.kiluangenyc@yahoo.com.

PARA OUVIR : http://www.blogtalkradio.com/profkiluangenyc/2017/03/17/angola-eduardo-dos-santos-e-kabila-falham-novamente-a-paz-no-congo

sábado, 11 de março de 2017

OUÇA A RÁDIO ANGOLA UNIDA (RAU): A 25ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola “ em 10-3-2017

Rádio Angola Unida (RAU): Eis os temas abordados na 25ª Edição do programa "Atualidade Informativa de Angola", em 10/03/2017, apresentado por Serafim de Oliveira e análises e comentários de Carlos Lopes:

- Isabel dos Santos, a CEO da Sonangol, mostra nos EUA que ela é que manda.

- Mais importação de 90.000 toneladas de carapau isenta de taxas põe em causa o sector das pescas em Angola.

 - Os professores avançam com a greve porque não acreditam nas promessas do Executivo Angolano.

 - A maioria dos dirigentes do MPLA não acreditam na vitória eleitoral por causa de João Lourenço.

RAU – Rádio Angola Unida - Uma rádio ao serviço dos angolanos, que não têm voz em defesa dos Direitos Humanos e Combate a Corrupção, em prol de um Estado Democrático e de Direito, apostando no Desenvolvimento sustentável e na dignidade do povo soberano de Angola.

Os programas da Rádio Angola Unida (RAU) são apresentados e produzidos em Washington D.C.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas para Prof.kiluangenyc@yahoo.com.



sábado, 4 de março de 2017

JÁ PODE OUVIR A RÁDIO ANGOLA UNIDA (RAU): A 24ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola “ em 3-3-2017

Rádio Angola Unida (RAU): Eis os temas abordados na 24ª Edição do programa "Atualidade Informativa de Angola", em 03/03/2017, apresentado por Serafim de Oliveira e análises e comentários de Carlos Lopes:

- Nova administração da APIEX para aumentar as exportações de produtos não petrolíferos, mas com a produção diminuta na agricultura e na indústria transformadora angolana.

- O investimento direto estrangeiro em Angola está estagnado e espera pelo resultado das eleições gerais em Angola.

-  O Executivo Angolano cede a pressão da indústria petrolífera estrangeira em Angola.

- Solidariedade internacional e nacional com os manifestantes reprimidos, perante o pedido de relatores dos direitos humanos por parte do Ministério da Justiça de Angola.

RAU – Rádio Angola Unida - Uma rádio ao serviço dos angolanos, que não têm voz em defesa dos Direitos Humanos e Combate a Corrupção, em prol de um Estado Democrático e de Direito, apostando no Desenvolvimento sustentável e na dignidade do povo soberano de Angola.

Os programas da Rádio Angola Unida (RAU) são apresentados e produzidos em Washington D.C.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas para Prof.kiluangenyc@yahoo.com.


sábado, 25 de fevereiro de 2017

OUÇA A RÁDIO ANGOLA UNIDA (RAU): A 23ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola “ em 25-2-2017

Rádio Angola Unida (RAU): Eis os temas abordados na 23ª Edição do programa "7 Dias de Informação em Angola", em 25/02/2017, apresentado por Serafim de Oliveira e análises e comentários de Carlos Lopes:

- A visita oficial da Ministra da Justiça Portuguesa foi adiada sem nova data e o inquérito contra Manuel Vicente continua até ver.

- A seis meses das eleições as máquinas partidárias preparam-se na pré-campanha eleitoral.

- Amnistia Internacional denuncia em relatório o silenciamento dos descontentes do regime angolano.

- A manifestação do dia 24 volta a não ser permitida em Luanda e visava Bornito de Sousa, jogador e árbitro nas eleições gerais.

RAU – Rádio Angola Unida - Uma rádio ao serviço dos angolanos, que não têm voz em defesa dos Direitos Humanos e Combate a Corrupção, em prol de um Estado Democrático e de Direito, apostando no Desenvolvimento sustentável e na dignidade do povo soberano de Angola.

Os programas da Rádio Angola Unida (RAU) são apresentados e produzidos em Washington D.C.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas para Prof.kiluangenyc@yahoo.com.

PARA OUVIR : http://www.blogtalkradio.com/profkiluangenyc/2017/02/25/angolaa-manifestao-do-dia-24-volta-a-no-ser-permitida-em-luanda

sábado, 18 de fevereiro de 2017

JÁ PODE OUVIR A RÁDIO ANGOLA UNIDA (RAU): A 22ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola “ em 17-2-2017.‏

Rádio Angola Unida (RAU): Eis os temas abordados na 22ª Edição do programa "Atualidade Informativa de Angola", em 17/02/2017, apresentado por Serafim de Oliveira e análises e comentários de Carlos Lopes:

 -João Lourenço começa a campanha eleitoral do MPLA no Lubango enquanto que os camaradas críticos ficam em Luanda.

- Governador do BNA tenta desesperadamente em Paris convencer a Banca estrangeira a voltar a ter correspondentes com Angola.

- Vários sectores laborais ameaçam com greves perante a crise económica e as falsas promessas.

- Manuel Vicente é arguido em processo penal na Procuradoria Portuguesa, mas que será arquivado, por falta de colaboração da Procuradoria Angolana.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas para Prof.kiluangenyc@yahoo.com.

RAU – Rádio Angola Unida - Uma rádio ao serviço dos angolanos, que não têm voz em defesa dos Direitos Humanos e Combate a Corrupção, em prol de um Estado Democrático e de Direito, apostando no Desenvolvimento sustentável e na dignidade do povo soberano de Angola. Os programas da Rádio Angola Unida (RAU) são apresentados e produzidos em Washington D.C.

PARA OUVIR : http://www.blogtalkradio.com/profkiluangenyc/2017/02/18/joo-loureno-comea-a-campanha-eleitoral-do-mpla-no-lubango-enquanto-que-os-cam

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

As características pessoais para ser candidato a Deputado em Angola


O MPLA foi o primeiro partido angolano a apresentar a sua lista de Deputados, as eleições gerais que serão realizadas em Agosto de 2017 e que se pretendem livres, justas e transparentes.

Os outros partidos que irão concorrer as eleições gerais do corrente ano, não vão demorar a apresentar as suas listas, até porque é importantes os eleitores conhecerem atempadamente os candidatos a Deputados.

Algumas questões e opiniões colocam-se na escolha dos Deputados, quer pelos partidos nas suas listas, quer pelo eleitor final que votará no partido, que tiver na sua lista Deputados que eles acham merecerem ser eleitos.

Na minha opinião e no quadro legal da Constituição Angolana e demais legislação complementar, a pessoa escolhida por um partido, tem que ser militante do partido (embora se admita os independentes, mas mesmo esses têm que fazer uma declaração de vinculação aos princípios do partido em matérias importantes de votação), conhecedor da política nacional, em termos sociais, culturais e económicos,  fazendo um exercício de cidadania ao longo dos últimos tempos, na divulgação das suas ideias, opiniões e comentários, apoiando causas e ter ganho notoriedade com isso, demonstrando ser ativo e vocacionado para agir na Assembleia Nacional, participando na feitura de legislação, em prol dos interesses e direitos do povo soberano que o elegeu.

Este candidato a Deputado a ser incluído na lista do seu partido, pode vir a ser escolhido pelo eleitor, votando no programa eleitoral do partido onde o mesmo está colocado, será uma pessoa que representará causas e defenderá os direitos do angolano e que são vitais para a comunidade.


Gostaria de saber, qual a opinião das amigas e amigos sobre esta questão, das características pessoais dos candidatos a Deputados, que podem influenciar a sua inclusão na lista do seu partido e ser eleito mais tarde, no quadro do programa eleitoral desse partido às eleições gerais de 2017.


FONTE : https://www.facebook.com/groups/412971548762324/permalink/1338968052829331/